Veja quais são as diferenças entre seguro garantia e carta fiança Veja quais são as diferenças entre seguro garantia e carta fiança - Blog Multirisco
vejaquaissaoasdiferencasentresegurogarantiaecartafianca

Veja quais são as diferenças entre seguro garantia e carta fiança

Com o passar do tempo e a evolução natural do mercado, foram surgindo novas alternativas para trazer mais segurança para as relações empresariais, sejam elas na iniciativa privada, no poder público ou até mesmo em licitações. Por isso, preparamos um post mostrando quais são as diferenças entre seguro garantia e carta fiança.

Logicamente, são duas opções que contam com algumas características em comum, bem como diversas diferenças, o que só reforça a importância de aumentar os seus conhecimentos sobre o tema antes de fazer qualquer escolha. Quer descobrir como fazer isso? Então, continue a sua leitura!

O que é um seguro garantia?

O chamado seguro garantia é uma modalidade cuja função primordial é a de assegurar o cumprimento de obrigações que foram assumidas por uma determinada empresa. Como falamos acima, isso pode acontecer nos âmbitos público e privado, nos variados tipos de transações comerciais que existem nos dias de hoje, como as licitações.

Na prática, também acaba sendo uma demonstração de capacidade de investimento e de envergadura para cumprir integralmente o contrato firmado entre as partes, atuando a seguradora como a garantidora que arcaria com eventuais indenizações financeiras, caso os compromissos não forem saldados conforme o ajuste efetuado.

O que é uma carta fiança?

Assim como o seguro garantia, a carta fiança é uma modalidade disponível no mercado atual para trazer mais segurança para relações entre uma empresa e outro ente para o qual prestará serviços, venderá produtos ou realizará obras, por exemplo. Também chamada de fiança bancária, trata-se de um documento cuja emissão é feita por um banco ou financeira.

Embora a sua função seja exatamente a mesma, os procedimentos se dão de maneira diferente, uma vez que agora, no lugar da seguradora, entra um outro tipo de instituição, que é quem garantirá o pagamento em eventuais casos de inadimplência. Com isso, na maioria das vezes, a burocracia se torna muito maior e mais complexa.

Quais as diferenças entre seguro garantia e carta fiança?

Apesar de o seguro garantia e da carta fiança terem o mesmo objetivo, que é o de assegurar o cumprimento de contratos, eles apresentam algumas diferenças relevantes entre si. Como dissemos acima, um deles está relacionado os prazos, pois as boas seguradoras costumam apresentar as propostas rapidamente, em poucos dias, apenas com a documentação necessária.

Além disso, quando uma empresa contrata uma carta fiança, uma parte do seu limite de crédito fica comprometido junto aos bancos, o que prejudica eventuais novos empréstimos. A cobertura é outro ponto interessante, uma vez que, no seguro, as apólices admitem adições, enquanto a carta fiança costuma seguir um modelo padrão e não é negociável.

Como você pôde ver, é sempre recomendável e, eventualmente, até exigido por lei, a contratação de um seguro garantia ou carta fiança. No entanto, como vimos, o primeiro oferece mais benefícios, além de ser muito mais prático e menos burocrático.

Gostou de aprender mais sobre seguro garantia ou carta fiança? Não se esqueça de contar com ajuda especializada! Então, não perca mais tempo e entre em contato conosco!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.