Quais são os principais itens cancelados em pregões eletrônicos? Quais são os principais itens cancelados em pregões eletrônicos? - Blog Multirisco
quaissaoosprincipaisitenscanceladosempregoeseletronicos

Quais são os principais itens cancelados em pregões eletrônicos?

Os pregões eletrônicos são um tipo de licitação organizado pelo governo para adquirir bens e serviços. Assim, empresas de todos os tamanhos e segmentos podem participar e oferecer produtos e serviços para órgãos públicos de forma simples e com baixo custo.

Para concorrer, basta se cadastrar nos portais nos quais os eventos acontecem e seguir todas as normas estabelecidas no edital. Apesar de ser um processo simples, ele exige muita atenção, porque diversos fatores podem causar o cancelamento da licitação.

Neste texto, vamos explicar como esses processos funcionam, quais itens costumam sofrer com o cancelamento e o que podemos fazer para evitar que isso aconteça. Confira!

Como os pregões eletrônicos funcionam?

O administrador do processo licitatório abre um edital para o pregão online e as empresas se cadastram para participar. No edital, constam as especificações do que o órgão público deseja contratar ou comprar, os prazos para realizar o cadastro, data e horário do pregão e valor máximo oferecido.

No dia do evento, os participantes têm um tempo definido para dar os lances em cada rodada (geralmente, a duração é de 5 a 10 minutos). Ou seja, podemos dizer que os pregões funcionam como leilões inversos, pois são os vendedores que dão os lances, os quais ficam mais baratos.

Após o pregoeiro declarar o vencedor, é dado um prazo para o envio dos documentos, para que a transação seja concluída.

Por que os itens são cancelados?

Os itens podem ser cancelados tanto depois de você se cadastrar para participar do pregão quanto após ganhar o processo. O cancelamento pode acontecer por erro ou vontade do licitante, que é a pessoa que deseja fazer a venda, como também por erro ou vontade do órgão público. Os principais fatores para isso são:

  • descumprimento do prazo de entrega dos documentos que está descrito no edital;
  • não enviar os documentos solicitados ao vencer a licitação;
  • não entregar amostras, quando solicitadas;
  • não aceitar negociar com a administração do evento;
  • enviar propostas com o valor mais alto do que foi estimado;
  • oferecer modelos de marcas e itens que não estão de acordo com o edital;
  • desistência do fornecedor;
  • pregão não receber propostas (pregão deserto);
  • licitante solicitar que a proposta seja desclassificada.

Ao cancelar um item, o pregoeiro deve publicar o aviso de cancelamento para todos os interessados saberem que ele não está mais disponível. Vale ressaltar que, quando isso acontece, os prejuízos são para os dois lados.

Principais itens cancelados

Os principais itens cancelados são aqueles que não seguem o edital dos pregões eletrônicos que estão participando. Ou seja, não existem tipos de serviço ou produtos mais ou menos propensos a serem cancelados. Isso está totalmente relacionado com as diretrizes da licitação desejada ou mudança de planos do órgão que abriu o pregão.

Como evitar o cancelamento?

Apesar da possibilidade de o pregoeiro cometer erros, a maior parte deles pode ser cometida pelo licitante. Para evitar isso, é fundamental ler todo o edital antes de decidir participar. Só assim você terá certeza se pode oferecer os bens ou os serviços requisitados. Além disso, devemos prestar muita atenção aos documentos exigidos em cada etapa.

Procure fazer o cadastro com bastante antecedência e, durante o pregão, evite dar lances o tempo todo ou muito mais baixos que os dos concorrentes. Por fim, caso perca, não saia imediatamente do sistema. Peça os documentos e as propostas do vencedor para analisar e entrar mais preparado em outro processo licitatório.

Participar de pregões eletrônicos pode ser uma solução para a empresa continuar crescendo mesmo em períodos de crise. No entanto, para ter sucesso, é fundamental seguir o edital, organizar os documentos necessários para cada etapa e fazer lances compatíveis com os do mercado.

Agora que você conhece melhor a dinâmica das licitações eletrônicas, aproveite que está aqui e confira também como funciona o processo de dispensa de licitação.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.