Saiba como ampliar a performance empresarial! - Blog Multirisco Saiba como ampliar a performance empresarial! - Blog Multirisco
saibacomoampliaraperformanceempresarial

Saiba como ampliar a performance empresarial!

Eficiência e excelência são buscas constantes em todas as empresas, que desejam otimizar seus recursos para que se alcance a melhor performance. Não há negócio que se acomode em relação a isso, sob pena de perderem espaço para concorrentes, e não ser competitivo é um dos piores atributos que se pode ostentar em qualquer mercado.

A produtividade está ligada a diversos fatores, que podem atuar de forma negativa ou positiva sobre a performance empresarial. Identificar o que está funcionando e o que não está, bem como investir em mecanismos que alterem uma realidade desfavorável ao seu negócio, devem ser as prioridades de todo empreendedor.

Quer saber mais sobre como ampliar a performance empresarial? Selecionamos aquelas que acreditamos ser as principais dicas para que a sua empresa cresça da melhor forma possível. Confira!

Tenha uma boa comunicação

Casamentos, amizades e relações profissionais são facilmente abaladas por falhas na comunicação. Seja por se guardar o silêncio quando há algo a ser dito, seja por não se escolher as palavras corretas quando até mesmo o silêncio seria preferível.

A comunicação é um exercício complexo, e aperfeiçoá-la para que não seja feita de forma violenta, ofensiva ou simplesmente causadora de problemas é um desafio que deve ser encarado.

A linguagem comunicativa deve sempre ser usada a favor do seu negócio, para que se crie um clima confortável e transparente entre liderança e subordinados. E não é apenas na relação hierárquica existente na empresa que ela deve ser valorizada e aperfeiçoada, pois entre os próprios colaboradores, também no trato com fornecedores e clientes, deve se encontrar o tom ideal.

O esforço deve ser o necessário para cativar as pessoas em volta, mantendo o respeito e profissionalismo necessário ao ambiente corporativo.

Crie um ambiente seguro

A produtividade não deve ser e não será alcançada por meio de terrorismo psicológico com seus colaboradores, e sim por meio do acolhimento e aumento do engajamento destes em relação ao negócio.

O chamado “chefe carrasco” perdeu completamente o espaço em empresas sérias, até mesmo por serem mais causadores de problemas do que solucionadores. Hoje o respeito se adquire ao praticá-lo com o outro.

Além disso, embora colaboradores sejam substituíveis, encontrar pessoas com bons valores pessoais e boa qualificação nem sempre é tarefa das mais simples, e além dos custos de recrutamento, também há a disputa de outras empresas por esses profissionais. Fazer com que se sintam parte do time e valorizados é uma forma de reter colaboradores que fazem a diferença em sua empresa.

Utilize métricas para monitoramento

Uma das coisas mais desejadas em qualquer empresa é a previsibilidade, para que se possa pensar no futuro de forma realista. Para isso, a tecnologia tem prestado grande contribuição, por meio de softwares de gestão que geram e organizam dados que servem para que mostrar o status da empresa de tempos em tempos.

Esses dados devem ser utilizados também para a tomada de decisões embasadas, isso é, estratégicas. Conhecer sua empresa de forma minuciosa permite que você tenha um panorama realista, e a partir de então, investir naquilo que deu retorno ou que pode aumentar a sua lucratividade.

Além, é claro, de poder mudar de estratégia tempestivamente quando algo não entregar o retorno esperado.

Invista em treinamento e capacitação

Alguns setores da economia são mais dinâmicos que outros, e mais vulneráveis a mudanças em razão de novas técnicas e tecnologias. Mas em todos os setores existe espaço para a qualificação e capacitação profissional, que deve ser feita constantemente. Ofereça treinamentos e cursos para que a sua equipe aperfeiçoe e adquira novas habilidades, que sejam demandadas pela sua empresa.

Ampliando o conhecimento dos seus colaboradores, a forma deles lidarem com o trabalho e encontrarem novas soluções para os desafios rotineiros se expandirá, assim como a sua empresa. Isso também evita falhas operacionais, desperdício de recursos e o retrabalho. Ou seja, o seu negócio ganhará de qualquer forma.

Terceirize atividades não relacionadas à sua atividade-fim

A terceirização já foi considerada um tabu no ambiente corporativo, mas tem ganho espaço inclusive por incrementos na segurança jurídica dos atores envolvidos. Nas atividades de copa e limpeza ela já era e continua sendo utilizada em larga escala, pois são funções que além de não estarem incluídas na atividade-fim, não geram planos de carreira capazes de manter os funcionários motivados e engajados.

Mas em outras atividades, como cobrança de dívidas e secretaria, é possível que empresas sejam contratadas para alocarem mão de obra qualificada para a realização de atividades auxiliares ao seu negócio. Mas tenha o cuidado de contratar empresas sérias, que cumpram todas as obrigações com seus funcionários e cujos valores estejam alinhados aos da sua empresa.

Caso você precise contratar prestadores de serviços autônomos, tome o cuidado necessário para que não fique configurado o vínculo empregatício, e procure remunerar pelas tarefas executadas, e não por horas trabalhadas.

Intercale tarefas enfadonhas com as interessantes

Com certeza, tarefas enfadonhas, burocráticas e que não desafiem seus colaboradores terão que ser executadas. Para que não haja falta de motivação na execução de qualquer tarefa, procure intercalar as tarefas consideradas chatas com aquelas que sejam motivadoras e interessantes. Dessa forma seu colaborador manterá o engajamento, pois saberá que ao final de uma tarefa cansativa, virá uma que ele sinta mais prazer em realizar.

Faça isso com toda a sua equipe, para que ninguém se sinta desprestigiado ou alvo das tarefas enfadonhas. Todos devem trabalhar nas tarefas chatas e também nas agradáveis, e distribuí-las de maneira democrática é a chave para que não sejam criados atritos com a sua equipe.

Fidelize a sua clientela

A prospecção de clientes implica em custos, e esse investimento sai mais barato quando você cria uma clientela que sempre recorrerá aos seus serviços ou produtos. Portanto, faça descontos e programas de fidelidade, para contemplar seus clientes mais assíduos.

Essas são dicas de fácil aplicação, convenientes para qualquer empresa e com retorno garantido. Consistem na junção de boas práticas com a aplicação racional de recursos, e certamente ajudarão no crescimento da sua empresa.

Para receber outras dicas como essas em primeira mão, assine agora mesmo a nossa newsletter!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.