É possível ter um contrato de seguro garantia mais flexível? É possível ter um contrato de seguro garantia mais flexível? - Blog Multirisco
epossivelterumcontratodesegurogarantiamaisflexivel

É possível ter um contrato de seguro garantia mais flexível?

Manter uma empresa envolve vários riscos que podem comprometer o seu capital, como o fechamento de acordos com terceiros, garantias judiciais, instabilidades econômicas que podem levar a crises financeiras, entre outros. Para evitar que esses problemas impactem o fluxo de caixa e inviabilizem o funcionamento do negócio, é importante contar com um bom contrato de seguro garantia.

Isso porque as suas funções são cumprir as obrigações especificadas em contratos, protegendo contra o descumprimento das cláusulas relativas aos serviços, bem como proteger execuções fiscais e demais processos judiciais que possam colocar em risco os patrimônios da companhia. Ou seja, assegura o cumprimento de valores, prazos e outras obrigações definidas em um acordo.

Quer aumentar o seu conhecimento sobre o assunto? Então, continue a leitura!

Quais são os tipos de seguro garantia mais importantes?

Existem várias modalidades de seguro garantia que visam a atender às necessidades específicas de cada empresa, independentemente do seu porte e ramo de atuação. Entre elas, estão:

  • seguro garantia judicial: assegura a manutenção de fluxos financeiros e do patrimônio das companhias ao garantir o pagamento de depósitos em juízo decorrentes de processos judiciais;
  • seguro garantia para licitações e concessões: respeitando os limites da apólice, esse tipo assegura que uma empresa vencedora de um procedimento administrativo cumpra com as cláusulas estipuladas no contrato de licitação;
  • seguro garantia de retenção de pagamento: nos contratos em que está previsto reter parte do pagamento como garantia de execução, esse tipo de seguro disponibiliza indenização por prejuízos originários do descumprimento das obrigações;
  • seguro garantia de adiantamento de pagamento: nos contratos de construção, fornecimento de bens e prestação de serviços, esse modelo indeniza o segurado sobre os adiantamentos fornecidos ao tomador nos casos em que não há o cumprimento imediato do que foi pactuado;
  • seguro garantia aduaneiro: oferece garantia à Receita Federal de que a empresa importadora vai fazer o recolhimento de impostos conforme a tributação específica;
  • seguro garantia administrativo: dá garantia para créditos tributários em processos administrativos nos âmbitos federais, estaduais e municipais.

Como fazer um contrato de seguro garantia mais flexível?

Para realizar um contrato de seguro garantia, é importante contar com o conhecimento de especialistas que entendam as reais demandas da empresa. Assim, eles vão proporcionar simplicidade, flexibilidade e menos burocracia.

Ao se informar melhor a respeito do que compõe o contrato, você será capaz de escolher o seu seguro de forma mais consciente, com segurança e tranquilidade de entender exatamente o que está contratando. Entre os fatores essenciais que devem ser observados nesse contrato, estão: apólice, sinistro, cobertura, assistência, vigência e carência.

Agora você já sabe o que é um contrato de seguro garantia e a sua importância. Mas antes de aderir a ele, lembre-se de tomar alguns cuidados, como buscar a orientação de especialistas habilitados à Superintendência de Seguros Privados (Susep), se informar sobre a reputação da seguradora, analisar e discutir as modalidades de seguro ofertadas, condições de pagamento, riscos assumidos pela seguradora, vigência, entre outros.

Gostou deste artigo? Então, aproveite sua visita ao blog para entender também como simular o seguro garantia para escolher a melhor opção! Ou utilize agora mesmo nossa calculadora abaixo.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.