Quais as diferenças entre assistência funerária e auxílio funeral? Quais as diferenças entre assistência funerária e auxílio funeral? - Blog Multirisco
quaisasdiferencasentreassistenciafunerariaeauxiliofuneral

Quais as diferenças entre assistência funerária e auxílio funeral?

A perda de uma pessoa amada é um fato terrível que pode acontecer conosco a qualquer momento.. Acontece que, no momento do luto, é importante dedicar os esforços e atenções às homenagens ao ente querido falecido e deixar todos os trâmites de preparação do velório a uma empresa responsável.

Esse tipo de serviço oferecido por essa empresa chama-se assistência funerária. Ele pode ser um alento aos parentes enlutados, já que cuida de tudo relacionado ao funeral, além de salvá-los de uma dívida enorme, o que acontece quando não se contrata uma assistência desse tipo. Então, você quer saber o que é assistência funerária? Confira o artigo que nós preparamos para você!

O que é assistência funerária?

Assistência funerária pode ser definida como a transferência de responsabilidade dos cuidados de um funeral que uma família passa para uma empresa, geralmente uma seguradora. Em vez de os parentes cuidarem da preparação do corpo ou do local do velório, entre outras coisas, quem faz isso é a empresa do plano contratado.

A assistência funerária, normalmente, é uma cobertura de um plano funerário, mas também pode ser a cobertura adicional de um seguro de vida. Ela pode ser contratada para um indivíduo ou, então, a um grupo — o cônjuge ou filhos, por exemplo. Os serviços da assistência são os seguintes:

  • registro do óbito em cartório;
  • preparação do corpo:
  • coroa de flores;
  • urna ou caixão;
  • carro funerário;
  • escolha do local do velório;
  • local do jazigo;
  • cremação ou sepultamento.

Quais as diferenças entre assistência funerária e auxílio funeral?

Apesar de terem nomes parecidos, assistência funerária e auxílio funeral são atividades completamente diferentes. Neste último, a família enlutada é responsável por todos os preparativos do funeral, pagando do próprio bolso por todos os serviços necessários.

Se na apólice de seguros do falecido existir a cobertura de auxílio funeral, basta a família entregar à seguradora todas as notas fiscais referentes ao velório para conseguir o reembolso dos gastos. Entretanto, é preciso prestar atenção no seguinte: a seguradora só reembolsa até o valor estabelecido na apólice. Caso a família ultrapasse esse limite fixado, as despesas além do limite não serão devolvidas. Por exemplo, se o valor acordado for de R$ 15 mil e a família gasta R$ 20 mil, os R$ 5 mil não serão reembolsados.

Qual dos dois escolher?

Se desejar um funeral planejado de acordo com as suas preferências, a escolha certa é contratar um plano que inclua o auxílio funeral. Caso não queira gastar energias com a organização do evento, o ideal é adquirir um plano de assistência funerária, pois ela cuidará de tudo, incluindo os gastos e os trâmites burocráticos.

Esses benefícios citados acima não são os únicos motivos para contratar um plano que inclua essas coberturas. As despesas de um funeral para quem não têm um plano contratado são muito grandes, o que pode comprometer o orçamento familiar com algumas dívidas. Portanto, considere a contratação desse tipo de seguro.

Gostou do artigo? Então, compartilhe-o em suas redes sociais, assim você poderá ajudar outras pessoas que também têm dúvidas sobre assistência funerária!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.